sábado, 7 de fevereiro de 2015

Homem é preso no Japao estuprar e filmar 100 mulheres

Homem é detido no Japão por sedar, estuprar e filmar cerca de 100 mulheres.
A polícia japonesa deteve um homem suspeito de sedar e estuprar 100 mulheres após fazê-las acreditar que participavam de uma falsa pesquisa médica, abusos que foram filmados e divulgados na internet.

Hideyuki Noguchi, de 54 anos, gravou em vídeo seus abusos e os distribuiu posteriormente através da rede ou os vendeu a produtoras pornográficas. O suspeito, que não conta com nenhuma qualificação médica, teria embolsado cerca de 10 milhões de ienes (mais de 220.000 reais) graças à venda destes vídeos, segundo disseram fontes policiais.
Noguchi convocava suas vítimas em hotéis ou em estabelecimentos de águas termais, onde administrava um potente sedativo, e uma vez que se encontravam inconscientes, abusava delas e gravava seus atos com uma câmera de vídeo.

O suspeito, que não conta com nenhuma qualificação médica, teria embolsado cerca de 10 milhões de ienes (75 mil euros) graças à venda destes vídeos.
.