quinta-feira, 3 de julho de 2014

Empresa processa jogadores trapaceiros em jogo

Empresa processa jogadores por trapacearem em jogo online.
 
Uma produtora japonesa está processando três jogadores por trapacearem em um jogo online. A empresa em questão é a Nexon e o jogo, Sudden Attack - que também é distribuído no Brasil.

Dois jovens japoneses de 17 anos e outro estudante universitário, sem idade confirmada, estão sendo processados por terem usado uma ferramenta que permite roubar dentro do game, além de redistribui-la para outros usuários.
Normalmente, quando as empresas descobrem que seus jogadores estão trapaceando, as punições podem variar entre uma suspensão temporária até o bloqueio total da conta. Isso não costuma virar caso de polícia.
.