quarta-feira, 14 de maio de 2014

Participante de programa de namoro afirma ter matado sua ex

Participante de programa de namoro turco afirma ter matado suas ex-mulheres.
O participante Sefer Calinak, de 62 anos, falou que cumpriu penas pelos dois assassinatos e foi libertado após ter sido anistiado. "Eu sou um sujeito honesto buscando uma nova mulher", falou ele, para a surpresa de todos.

Após ter feito essa declaração bastante polêmica, uma das apresentadoras, pediu para que Calinak deixasse o programa. O episódio virou manchete nos principais jornais da Turquia.

Sefer Calinak disse que matou a sua primeira mulher (que também era sua prima) por sentir fortes ciúmes dela. Ele disse que matou a sua segunda esposa acidentalmente, quando estava manuseando um machado. Sendo entrevistado após o termino do programa, o rapaz assegurou que não irá matar a sua terceira esposa.

"As mulheres me deixavam depois que eu lhes dizia que assassinei as minhas esposas anteriores. Mas eu passei 14 anos na prisão [por isso]. Eu mudei", disse ele a um dos jornais turcos mais famosos da região “Haberturk”.

De acordo com o jornal, a responsável pelo Grupo de Monitoramento da Mídia na Turquia, Hulya Ugur Tanriover, falou sobre o programa e afirmou que vai levantar uma queixa oficial contra a emissora. Ela ainda acrescentou falando que o histórico criminal dos participantes deveria ser verificado antes de ir ao ar.
.