quinta-feira, 10 de abril de 2014

Executivo do Mozilla eh demitido apos polemica

Acusado de homofobia, CEO da Mozilla renuncia.
Em 2010, Brendan Eich havia se colocado contra lei que legalizou o casamento gay na Caifórnia.
A Fundação Mozilla anunciou nesta quinta-feira a saída do CEO Brendan Eich, dias após o executivo ser acusado de homofobia. O movimento contra o executivo partiu de funcionários do site de relacionamento OkCupid.

Segundo o serviço, Eich doou, na época, cerca de 1.000 dólares a Proposta 8. O protesto foi intensificado na última segunda-feira, quando o OkCupid divulgou um comunicado contra o CEO e sugeriu a seus usuários que parassem de usar o Firefox.

Os próprios funcionários da Mozilla fizeram parte do movimento e fizeram críticas duras a Eich.
.