sexta-feira, 4 de abril de 2014

Empresa de Eike Batista tem prejuizo de 17 bilhoes

OGPPar, antiga OGX, tem prejuízo de R$ 17,4 bi em 2013.

Trata-se do maior rombo registrado no país por uma companhia de capital aberto nos últimos 27 anos.
A OGPar, ex-OGX, petroleira que era controlada por Eike Batista, anunciou na terça-feira um prejuízo recorde de 17,4 bilhões de reais em 2013. Essa é a maior perda registrada no país por uma companhia de capital aberto nos últimos 27 anos, segundo levantamento recente da consultoria Economatica.

Até então, o maior prejuízo estava com o Banco do Brasil que, em 1996, anunciou perdas de 7,5 bilhões de reais no ano. Em 2013, até a divulgação dos resultados da petroleira, o recorde era da Eletrobras, que teve prejuízo de 6,29 bilhões de reais.

O campo de Tubarão Azul é emblemático na derrocada do império de Eike Batista. A crise teve início justamente no dia 26 de junho de 2012, quando a OGX informou que a vazão do poço de Tubarão Azul, na Bacia de Campos, seria bem menor do que havia sido prometido.
.