quinta-feira, 20 de março de 2014

Planta na Antartica renasce apos 1500 anos

Musgo na Antártica renasce após 1.500 anos congelado.
Um musgo na Antártica renasceu após passar mais de 1.500 anos sob uma camada de gelo, um recorde que marca o maior ciclo vital de qualquer planta conhecida, revelou um estudo feito por cientistas britânicos e divulgado nesta segunda-feira nos Estados Unidos.

Até agora, tinha-se o registro de um musgo que renasceu após apenas 20 anos. As bactérias eram, até então, a única forma de vida conhecida por sobreviver durante milhares, inclusive milhões de anos.
Os cientistas capturaram amostras das profundezas de um banco de musgos congelados na Antártica. Técnicas de datação de carbono mostraram que as plantas originais tinham pelo menos 1.530 anos de antiguidade.
.